AVES TERRESTRES

do Parque Natural da Baía do Inferno e do Monte Angra

O pombo-das-rochas (Columba livia), o corvo (Corvus ruficollis), a passarinha (Halcyon leucocephala) e algumas aves endémicas como o pardal-de-terra (Passer iagoensis), a andorinha de Cabo Verde (Apus alexandri) e o francelho (Falco alexandri) podem ser avistadas com frequência quer na Baía do Inferno quer no interior do Parque Natural, até ao cume do Monte Angra.
 

O guincho (Pandion haliaetus), ave rara no arquipélago, tem sido avistado nas falésias da Baía do Inferno.

 

Frequentemente, podem também ser avistadas na costa aves limícolas como a garça-branca-pequena (Egretta garzetta), a garça-dos-recifes (Egretta gularis), a garça-real (Ardea cinerea) e o maçarico-galego (Numenius phaeopus).